A BB Seguridade registrou aumento de 30,9% no lucro líquido no segundo trimestre de 2023 em relação a igual período do ano passado, saindo de R$ 1,406 bilhão para R$ 1,841 bilhão.

O resultado das participações somou R$ 1,835 bilhão no segundo trimestre deste ano, uma elevação de 30,4% na comparação com igual etapa de 2022.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 5,592 bilhões no 2T23, uma diminuição de 5,2% em relação ao mesmo período de 2022.

O resultado financeiro consolidado da BB Seguridade e de suas investidas atingiu R$ 376,1 milhões, incremento de 125,9% em relação ao mesmo período de 2022.

“A deflação registrada no IGP-M, que levou a redução do custo do passivo atrelado aos planos de previdência de benefício definido, o fechamento da estrutura a termo de juros futuros, a alta da taxa Selic e a expansão do saldo médio de ativos financeiros foram os principais responsáveis pela variação”, diz a empresa.

Os prêmios emitidos da Brasilseg superaram marginalmente o intervalo de projeções, atingindo crescimento de 15,7% em relação ao volume reportado no 1S22. Já as reservas de previdência – PGBL e VGBL cresceram 13,3%, posicionando-se dentro do intervalo das estimativas.

A BB Seguridade encerrou o segundo trimestre de 2023 com um patrimônio líquido avaliado em R$ 8,063 bilhões, ante R$ 7,770 bilhões do segundo trimestre de 2022.

No primeiro semestre, a BB Seguridade teve lucro líquido de R$ 3,601 bilhões, alta de 39,3% em relação aos seis primeiros meses de 2022. Segundo a empresa, é o novo recorde de resultado para um semestre, impulsionado pelo desempenho comercial em seguros, previdência e capitalização, melhora da sinistralidade e o crescimento do resultado financeiro.

O primeiro semestre do ano passado teve um aumento de sinistralidade na Brasilseg, a empresa de seguros do grupo, diante dos efeitos do fenômeno climático La Niña, que causou seca na região Centro-Sul do País. Líder em seguro rural, a companhia registrou um alto volume de pedidos de indenização entre janeiro e março do ano passado.

No segundo trimestre deste ano, as maiores contribuições para o crescimento do lucro vieram da Brasilseg, graças à evolução dos prêmios ganhos e do resultado financeiro. Logo em seguida vem a Brasilprev, empresa de previdência privada, que registrou melhoria do resultado financeiro diante da dinâmica mais favorável dos índices de inflação.

Foi a Brasilprev a empresa que teve o maior crescimento de resultados atribuíveis à holding, com um salto de 95,7% em 12 meses, para R$ 337,195 milhões. Na Brasilseg, o crescimento foi de 32,4%, para R$ 724,236 milhões.

Outra parte do resultado da holding vem da distribuição dos produtos das empresas, que gerou resultado de R$ 706,795 milhões, alta de 11,9% no intervalo de um ano.

Em junho, 45,3% da carteira de investimentos da holding e das investidas estava em ativos atrelados a índices de inflação, e outros 41,6% a títulos pós-fixados, ou seja, que variam de acordo com os juros. A Selic média do período foi de 13,65%, ante 12,37% no segundo trimestre de 2022, e estável em relação ao primeiro trimestre deste ano.

Os resultados do BB Seguridade (BOV:BBSE3) referentes suas operações do segundo trimestre de 2023 foram divulgados no dia 07/08/2023.

BB Seguridade aprova pagamento dos dividendos intercalares no valor de R$ 3,2 bilhões

O Conselho de Administração da BB Seguridade aprovou o pagamento dos dividendos intercalares referentes ao resultado do 1º semestre de 2023, adicionados dos dividendos prescritos referentes ao 2º semestre de 2019, no valor total de R$ 3,210 bilhões, equivalentes a R$ 1,60763676191 por ação.

Os dividendos serão pagos no dia 28 de agosto e terão como base a posição acionária de 16 de agosto, sendo as ações negociadas ex-dividendos a partir de 17 de agosto deste ano.

VISÃO DO MERCADO

A BB Seguridade registra ganhos expressivos na Bolsa na sessão desta segunda-feira (7) após a divulgação de resultados e anúncio de dividendos. Às 11h05 (horário de Brasília), os ativos BBSE3 subiam 2,3%, a R$ 32,23.

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

A holding de seguros, previdência e capitalização do Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 1,841 bilhão no segundo trimestre deste ano. O resultado foi 30,9% maior que o do mesmo período do ano passado, e 4,1% maior que o do primeiro trimestre deste ano.

No primeiro semestre, a BB Seguridade teve lucro líquido de R$ 3,601 bilhões, alta de 39,3% em relação aos seis primeiros meses de 2022. Segundo a empresa, é o novo recorde de resultado para um semestre, impulsionado pelo desempenho comercial em seguros, previdência e capitalização, melhora da sinistralidade e o crescimento do resultado financeiro.

O Conselho de Administração da empresa aprovou ainda o pagamento dos dividendos intercalares referentes ao resultado do 1º semestre de 2023, adicionados dos dividendos prescritos referentes ao 2º semestre de 2019, no valor total de R$ 3,210 bilhões, equivalentes a R$ 1,60763676191 por ação.

Bradesco BBI

Os dividendos serão pagos no dia 28 de agosto e terão como base a posição acionária de 16 de agosto, sendo as ações negociadas ex-dividendos a partir de 17 de agosto deste ano. Conforme destaca o Bradesco BBI, o resultado foi em linha com o consenso.

“Conforme esperado, o bom momento da divisão de seguros segue forte, com desempenho muito bom do segmento rural, levando a companhia a superar os resultados esperados (guidance) tanto de crescimento de prêmios, quanto de resultados operacionais para o 1S23. No entanto, a companhia manteve o guidance para o ano (faixa de crescimento de prêmios de 10 a 15% e crescimento de resultados operacionais de 12 a 17%), implicando em uma (esperada) desaceleração do ritmo operacional no 2S23, provavelmente devido à divisão de seguros rurais”, aponta o banco.

Assim, vê os resultados como amplamente neutros para as ações.

“O bom desempenho operacional já era esperado em grande parte após os resultados positivos do 1T23 e os dados mensais fornecidos pelo órgão regulador (SUSEP) até maio, que ainda indicavam bom desempenho do segmento rural. A empresa já vinha orientando o mercado para uma provável desaceleração dos resultados operacionais no 2S23 (uma vez que o desempenho do 1S23 foi muito forte) e, portanto, não esperamos que os resultados desencadeiem revisões de resultados para o ano”, avalia.

Os analistas projetam BBSE3 negociando a 8,5 vezes o o múltiplo de preço sobre o lucro (P/L) esperado para 2023, mas com fortes rendimentos de dividendos de dois dígitos para as ações, fornecendo assim alguma proteção aos investidores.

O banco tem recomendação neutra para os ativos, com preço-alvo de R$ 36, ou potencial de valorização de 14% em relação ao fechamento de sexta-feira.

Morgan Stanley

O Morgan Stanley destacou que os resultados da BB Seguridade foram bons, mas reiterou recomendação underweight (exposição abaixo da média, equivalente à venda) para as ações, com preço-alvo de R$ 30 (queda de 5% frente o fechamento de sexta).

Isso dada a ampla evidência de desempenho abaixo da média quando as taxas caem.

“A BB Seguridade é a seguradora mais sensível a taxas em nossa cobertura, com cerca de 16% dos lucros provenientes de resultados de investimentos nos últimos 5 anos. Como tal, esperamos que os ganhos e o desempenho das ações fiquem sob pressão à medida que as taxas de juros caem – em linha com evidências convincentes de nossas análises de sensibilidade às taxas e desempenho das ações durante os ciclos anteriores de flexibilização”, apontam os analistas do Morgan.

Eles veem a receita líquida de investimentos caindo 19% em 2024 e 11% em 2025, à medida que incorporam taxas de juros mais baixas em nosso modelo.

“Além disso, continuamos cautelosos sobre seguro rural e menos construtivos na previdência. A zona rural é altamente dependente do apoio do governo, regulamentação, preços de insumos e commodities e eventos climáticos. Em previdência, vemos o aumento da concorrência pressionando os preços e levando a perdas de participação de mercado. Por fim, a empresa possui um contrato de distribuição exclusiva com o Banco do Brasil que expira em 2033, então incorporamos o custo potencial e o risco de renovação em nossa estrutura de avaliação, impactando negativamente nosso preço-alvo”, aponta o banco.

JPMorgan

Por outro lado, o JPMorgan manteve recomendação overweight (exposição acima da média) para as ações, destacando o anúncio de recompra de aproximadamente 3% das ações, ou aproximadamente 10% do free float. Além disso, o pagamento do dividendo do primeiro semestre implica um dividend yield (dividendo sobre preço da ação) de cerca de 5%.

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão
Grafico Azioni BB SEGURIDADE ON (BOV:BBSE3)
Storico
Da Apr 2024 a Mag 2024 Clicca qui per i Grafici di BB SEGURIDADE ON
Grafico Azioni BB SEGURIDADE ON (BOV:BBSE3)
Storico
Da Mag 2023 a Mag 2024 Clicca qui per i Grafici di BB SEGURIDADE ON